O espelho é um acessório versátil do design de interiores, e por isso não importa o estilo decorativo que vai seguir na sua casa, é sempre possível criar uma decoração com espelhos. Se você já decidiu que vai incluir estes elementos em seu lar, agora é preciso saber onde e quais melhores maneiras de usá-los e posicioná-los. Então, vamos as dicas e sugestões!

Um dos usos do espelho na sala é para valorizar um objeto. Se você quer reproduzir a imagem de algo decorativo agradável ou até de um vaso de flores, posicione a superfície espelhada de modo que ela reflita essa imagem. A lógica vale para qualquer objeto que você estime, como um lustre, prateleiras cheias de souvenires, vasos, etc. Pagou uma fortuna em uma peça e acha que ela ficou apagada no ambiente? Espelho nela !!!

Algo muito constante nas decorações modernas é o uso de estante com espelho, mais especificamente no fundo, refletindo os objetos ali contidos, como livros e ornamentos. Isso dá profundidade ao móvel e equilibra seu peso.

Na sala, além de decorar, o espelho pode ser utilizado como ponto de iluminação. Durante o dia, observe como a iluminação natural entra na sala e depois note onde há menos incidência de luz. Instale o espelho em um ponto que receba incidência solar natural e reflita no ponto mais escuro. Outra solução é instalar um abajur em frente ao espelho para que ele reflita mais iluminação por todo o ambiente.

Que tal uma decoração de sala pequena com espelhos? É uma boa alternativa para agregar sofisticação e dar sensação de amplitude ao ambiente. Instale um espelho grande em um ponto que reflita a sala inteira, e a sensação será de que o espaço tem o dobro do tamanho. Para ampliar o ambiente, é preciso instalar o espelho em um ângulo de 90º com o piso, assim vai refletir toda a sala.

A decoração com espelhos divididos, particionados ou em conjuntos é uma alternativa para adicionar informação mas, ao mesmo tempo, leveza. Se você tem um ambiente grande pode abusar desse estilo.

Os espelhos com molduras deixam a sala mais sofisticada. Escolher o modelo de moldura certa para o estilo principal do espaço é primordial. Você pode até criar um contraponto, usando, por exemplo, uma moldura rústica em uma sala predominantemente clássica. Porém, é preciso tomar cuidado para não causar estranheza, pois tudo deve ornar.

Os espelhos que tem moldura própria, como os venezianos, são muito usados em lavabos, mas representam também uma alternativa luxuosa de decoração para salas. O objeto, quando usado em tal ambiente, torna-se uma verdadeira obra de arte, o astro do espaço, com a vantagem de não pesar muito devido à ausência de moldura. E justamente por não ter molduras chamativas, esse tipo de espelho pode ser uma boa aposta para salas pequenas.

Com tantos formatos e maneiras de usar o objeto na casa é difícil decidir-se. Sem falar que podemos incluí-los em praticamente qualquer cômodo. No entanto, é importante lembrar que eles devem ser distribuídos na decoração com cautela, já que abusar no uso pode deixar o decor pesado e até transformar a casa em um labirinto, então a dica é aderir à tendência com parcimônia e não sair espalhando espelhos por todos os cantos.

Veja uma exclusiva seleção de espelhos aqui na Wishhouse !!!

 

Fonte:http://casaeconstrucao.org/