Vamos falar sobre os materiais dos quais são feitos os colecionáveis. Normalmente mais de um tipo de material é empregado na fabricação de uma mesma figura, mas há sempre os predominantes. Abaixo seguem os mais comumente encontrados, suas características e vantagens.

Acrylonitrile butadiene styrene (ABS):

Esse é o mais conhecido por todos nós, pois a maioria das figuras de ação é feita desse material. Além disso, é um velho amigo de todos, pois também é utilizado na fabricação da carcaça dos consoles de vídeo games. É constituído de uma combinação de monômeros, feitos de propileno, amônia, butano e carvão. Isso faz com que o plástico seja mais forte, pois combina dureza e resistência, podendo-se até entortá-lo sem quebrar. Por ser um material bem resistente e macio ao toque, podem-se adicionar texturas a ele, contudo, não é possível se ter um fino acabamento.

A superfície do ABS impossibilita a aplicação direta de pintura, e como normalmente é utilizada a tinta acrílica por não ser tóxica, se faz necessário prepará-lo com primer (selador) antes.

Polyvinyl Chloride (PVC):

PVC é um plástico mole e macio, o qual facilita em muito a vida do escultor, pois ele pode colocar mais detalhes e fazer ângulos impossíveis em relação a outros materiais. O PVC tem grande durabilidade, e é possível repará-lo com facilidade. Apesar de ser mais fraco do que o ABS, você pode derrubá-lo com pouco risco de avarias, sendo necessária a aplicação de muita força para quebrá-lo, porém, um dos pontos negativos vem com a grande chance de ele deformar. Diferente do ABS, a tinta acrílica adere com facilidade, e normalmente as empresas realizam a pintura antes da produção das peças. Outro problema do PVC é que sua composição não faz muito bem a saúde se for consumido de alguma forma inusitada, como comer, ou introduzi-lo por outras formas mais criativas (!) sua fabricação também liberas muitos materiais nocivos na natureza; então se você tem algum respeito pelo planeta em que vive, esse é um material a se evitar.

Vinil:

Na verdade o vinil não é um plástico em si, sua composição é similar ao do PVC, porém com aditivos químicos que o tornam muito mais flexíveis e sem apresentar muitos riscos ao meio ambiente.

Resina:

A resina usada na fabricação de figuras ou estátuas é sintética e suas características são bem parecidas com o ABS, mas não é tão resistente quanto. O processo de fabricação é similar ao epóxi, que ao combinar dois líquidos uma reação química os solidifica.

Como o ABS precisa ser selado antes de pintar. Este material é usado normalmente em Hobby Kits. A grande vantagem é que é macio, e por isso fácil de lixar e cortar, enquanto é robusto o suficiente para suportar peso.

Polystone:

É um material semelhante à resina, mas apesar de ser mais frágil, tem uma qualidade superior devido aos materiais que são usados em sua composição, que são minerais em sua maioria. A resina de Polystone permite se chegar a um nível de detalhes maior do que os demais, e é o preferido para produção em larga escala de estátuas.

Cold Casting (Epoxy):

Cold-Casting é o processo de misturar resina de uretano com pó de metal para dar aquela aparência metalizada. Nesse processo também pode ser usada tinta para colorir a peça. Ao contrário dos processos normais, este é feito com o material já frio, e não quente.

E estes foram os materiais básicos de que são feitos os colecionáveis. Na internet encontramos vários detalhes específicos e técnicos sobre os materiais abordados, tanto do lado prático quanto químico. Espero que esse guia tenha ajudado aos colecionadores e em futuros artigos continuaremos a desvendar o nosso mundo do colecionismo.

Confira réplicas, esculturas e colecionáveis exclúsivos só aqui na Wishhouse !!!

 

Fonte: http://www.toyquest.com.br/