O que vocês acham de fazer aquele prato maravilhoso e não ter um aparelho de jantar decente para servi-lo? Perde um pouco da graça correto? Mas muitas pessoas ficam na dúvida se vão comprar um aparelho de jantar de porcelana ou se irão comprar de cerâmica.

Por isso elaboramos uma lista com as principais diferenças entre cerâmica e porcelana, assim você não terá mais dúvidas na hora da compra.

 

Confira algumas características que distinguem a porcelana da cerâmica.

1- Material da porcelana:

A porcelana é caracterizada por ser um material sem porosidades e sonoridade, ele se distingue de outros materiais como a cerâmica pela sua resistência, transparência e vitrificação. Sua matéria prima é argila, quartzo, caulim e feldspato.

2- Fabricação da porcelana:

Essa é uma diferença muito visível em relação á cerâmica, geralmente a porcelana tem uma fabricação de maior qualidade, produzem delicadamente peças com espessura mais fina.

Para pratos, pires, xícaras, tigelas e saladeiras pequenas utilizasse em 90% dos casos a modelagem automática. Já para peças de maior dimensão, como: saladeiras grandes, prato de arroz e prato de bolo é comum a modelagem manual.

3- Decoração da porcelana:

Nesse processo é impresso o valor artístico de cada marca, existem várias formas de decorar a porcelana: com o uso de pintura à mão livre, uso de estanhola (molde vazado), a aplicação de decalque, transfer e a de filetes (ou listel). Algumas peças recebem mais de um processo durante sua decoração.

 

1- Material da cerâmica:

A cerâmica tem como matéria prima a argila, feldspato e sílica, também podem apresentar alguns aditivos para o incremento de suas propriedades finais.

2- Peso e textura da cerâmica:

A cerâmica é mais pesada que a porcelana e tem maior porosidade, algumas estátuas de cerâmica são conhecidas por suas texturas granuladas.

Para você saber a diferença entre porcelana e cerâmica faça um teste simples, bata na peça e ouça o tom do som, as porcelanas têm um tom mais alto. A principal diferença da porcelana é sua translucidez, maior resistência e o som por ela produzido ao ser tocada.

Existe também a cerâmica avançada, é uma cerâmica extremamente resistente usada para fabricação de facas.

Aparelhos de jantar, chá e café exclusivos você só encontra aqui na Wishhouse !!!

 

Fonte: http://www.cookbeyond.com.br/

Compartilhe:  Facebook   Twitter 
0 Comentários | Posted By Rodrigo Cruz

Não dá para viver sem poltronas. São elas que dão graça à decoração e contrastam com o restante dos móveis. Ou os complementam. Use boas e elegantes peças na ambientação da sua casa, mas fique atento às dimensões e saiba como usá-las corretamente. Veja as dicas:

 - Uma boa sala de estar deve ter pelo menos uma poltrona. Essa peça é que vai quebrar a linearidade dos estofados e criar um envolvimento entre os usuários do espaço. Explico melhor: imagine uma sala com apenas um sofá, voltado para uma televisão. Em uma reunião de amigos, todos que estiverem sentados estarão olhando para o mesmo ponto. Isso é péssimo e não cria entrosamento entre os convidados. Com apenas uma poltrona ao lado do sofá ou da TV, cria-se um círculo visual, o que facilita a comunicação entre as pessoas.

 - Se você tem pouco dinheiro, economize em alguns móveis, mas gaste em uma bela poltrona. Somente uma. Você vai ficar muito feliz quando chegar em casa e poder se sentar com conforto, tomar uma bebida ou simplesmente ler uma revista bem fútil. E para quem é fã de leitura, nada se compara a um poltrona gostosa, com braços generosos, para passar horas em frente a um livro. Recomendo!

 - Ainda para quem está com pouco dinheiro no bolso, tenho outra sugestão. Trocar o tecido de uma velha poltrona pode valorizar a decoração da sua casa. Uma simples troca como essa tem o poder de transformar um ambiente. Use estampas ousadas, que não precisam necessariamente combinar com outras peças da sala. Aliás, muita gente me pergunta se pode usar um tecido cuja cor não existe em nenhuma outra peça do ambiente. Claro que pode! Melhor ainda. Não é porque você tem um cadeira vermelha que as almofadas do sofá precisam ser vermelhas também. Melhor que não sejam. Apenas tome cuidado para que a combinação de cores funcione.

 - Poltronas são móveis ideais para design de forte impacto. Falo isso porque um sofá deve ser mais neutro e de linhas sóbrias. Senão enjoa. Mas uma poltrona pode ter um desenho inovador e chocante.

 - Atenção! Poltronas giratórias são ótimas em espaços pequenos, que precisam ser versáteis. Só tome cuidado com o design. Poltronas giratórias nem sempre são bacanas. Na verdade, a maioria delas é bem cafona.

 - No caso de salas pequenas, nada de colocar sofás minúsculos e poltronas que mal dão para uma pessoa. Se não há espaço em casa, melhor ter menos móveis. Compre um sofá médio e uma poltrona mais larguinha. Já que não cabem muitas pessoas na sua casa, melhor que as poucas que venha lhe visitar tenha o mínimo de conforto.

 - Cuidado com as dimensões. Uma poltrona não pode ser exageradamente grande se sua sala não comporta. É importante que as peças não atrapalhem a circulação de pessoas no espaço. Odeio ter que passar de lado para poder alcançar uma janela ou mudar de ambiente.

 - Adoro salas feitas apenas de poltronas. Privilégio ao conforto individual. Não gosto muito de ter que dividir sofá com outras pessoas. A gente fica sempre sem jeito, encolhido. E existem aqueles mais folgados, que vão exatamente para o meio do sofá, deixando pouco espaço nas pontas. Me irrita profundamente. Por esse motivo, quando vou a uma festa, vou logo me instalando em uma poltrona e só me levanto para pegar uma bebida.

 - Não escolha a peça apenas pelo visual. Nada pior do que uma peça linda e desconfortável. Design não é só beleza. É conforto, ergonomia, sustentabilidade. Se você vai comprar uma peça nova, lembre-se de que sentir-se bem nela é fundamental. Prefira poltronas com braços, com um bom encosto e tecido gostoso.

Confira a exclusiva linha de poltronas que você só encontra aqui na Wishhouse !!!

 

Fonte:http://casaeimoveis.uol.com.br/

 

Compartilhe:  Facebook   Twitter 
0 Comentários | Posted By Rodrigo Cruz

A churrasqueira ou grelhador (ou ainda fogão a carvão) é o principal utensílio culinário utilizado nos churrascos. É um tipo de fogão em que toda a superfície superior é uma grelha colocada sobre uma fonte de fogo aberto, que pode ser lenha, carvão (o mais comum), gás ou mesmo electricidade.

Também comum, é o uso de churrasqueiras feitas de tijolos, nas quais a carne é colocada em espetos para que fique suspensa sobre o fogo. Este último tipo é o mais comum na região sul do Brasil. Pode improvisar-se uma churrasqueira num piquenique, mas normalmente usam-se churrasqueiras que duram mais tempo, desde as que se constroem com tijolos ou com a metade de um tambor de aço(como mostra a figura à esquerda) e que ficam fixas no quintal, até às pequenas churrasqueiras portáteis e desmontáveis ou as que são construídas com rodas e com lugar para uma garrafa de gás e para outros utensílios necessários ao churrasco, como a pinça para virar a carne, a espátula para a despegar da grelha, etc.

Muitas churrasqueiras permitem que se modifique a altura da grelha, de acordo com a força do fogo e outras têm mesmo um ou vários espetos, por vezes com um pequeno motor para os fazer girar.

Aproveite todas as churrasqueiras e utensílios disponíveis para compra em nosso site.

Fonte:https://pt.wikipedia.org

Compartilhe:  Facebook   Twitter 
0 Comentários | Posted By Rodrigo Cruz

O hall de entrada é o principal cartão de visita de seu lar. Deve ser a primeira declaração do estilo de sua casa. Mas também é um cômodo difícil de decorar pela falta de janelas e de luz natural. Normalmente o hall costuma ser de pequenas dimensões, de modo que deixamos vários truques para decorar seu hall pequeno com um toque pessoal e exclusivo.

Instruções:

Em primeiro lugar pare de pensar em seu hall, em todo o espaço de que dispõe. Há muitos móveis auxiliares e acessórios fantásticos, modernos e com um design especial. Mas o que você deve estudar é como vai aproveitar ao máximo esse cômodo. Primeiro, decore só o necessário e se verificar que cabem mais coisas, vá acrescentando.

Quais são as coisas necessárias em um hall?

A falta de luz natural, uma boa fonte de luz artificial, mas com um toque de cor e alegria que anime o ambiente. Não se preocupe porque tem lustres de todo o tipo, desde os de teto que não ocupam espaço até aos de mesa ou de pé. Agora você pode encontrar modernos designs com materiais surpreendentes. Por exemplo, se você se preocupa com o meio ambiente, opte por lustres ecológicos como as de LZF que são feitas à base de madeira.

A seguir, compre o cabide. Nós recomendamos que em um hall pequeno, você opte pelos cabides de parede porque ocupam menos espaço. Mas se tem cantos ou ângulos mortos, pode escolher os cabides de pé. E reserve os mais volumosos para espaços maiores. Os cabides são cômodos para deixar a roupa e complementos de forma ordenada e cuidada. Esqueça as roupas amassadas.

Quando tiver o cabide, compre um espelho. Meu conselho é que seja o maior possível para você se ver de corpo inteiro. Assim pode comprovar sua aparência antes de sair. Mas não se esqueça de que os espelhos têm outra utilidade de grande valor nos halls que é dar maior sensação de espaço. Melhoram a iluminação e, portanto, o hall parecerá maior.

Depois do espelho, podemos decorar com um aparador, isto é uma pequena mesa alta ou superfície onde deixar um molho com chaves ou o correio que acaba de recolher. O aparador ideal para um hall pequeno deve ser estreito e de estilo moderno, isto é, que decore mas que seja prático.

Outro elemento que você pode acrescentar são os porta-guarda-chuvas. Muito úteis em época de chuva. Também protege o solo de manchas de gotas de água, o típico rastro de água que vai deixando até chegar ao banho ou à cozinha. O porta-guarda-chuva tem a finalidade de recolher essa água sem estragar o solo.

A partir daqui você pode acrescentar tudo o que quiser, segundo seus gostos e, sobretudo, orçamento. Tapetes, quadros para as paredes, alguma cadeira ou poltrona, etc.

A decoração é um jogo com múltiplas opções. Divirta-se tirando o máximo partido do seu lar.

Essas é muitas outras dicas para comprar produtos com consciência você só encontra aqui na Wishhouse!!!

 

Fonte: https://www.umcomo.com.br/

Compartilhe:  Facebook   Twitter 
0 Comentários | Posted By Rodrigo Cruz

Quando temos a intenção de pendurar um quadro, vem nos logo à cabeça a imagem de uma furadeira furando a parede, pregos e pó. A verdade é que pendurar um quadro não deveria ser mais difícil do que parece, mas muitas vezes associamos isso a uma ação que deve ser realizada por uma pessoa que entenda do assunto. Hoje em dia, existem alguns produtos que podem facilitar esta tarefa e, de passagem, evitar que a nossa parede fique repleta de buracos.

Instruções:

Tanto se deseja pendurar um quadro em sua parede como outros elementos decorativos, uma das opções mais eficazes e que não requer nenhuma complicação são as fitas adesivas. Estamos falando das fitas que colam dos dois lados e que só devem ser coladas na zona da parede onde deseja pendurar o quadro e, posteriormente, colar o quadro sobre a fita adesiva, tentando que fique centrado. A vantagem deste produto é que nos permite retirar o quadro para poder mudar de lugar ou introduzir um novo sem esforço algum. Para retirar a fita adesiva no caso de querer mudar de lugar, devemos puxar a lingueta da parte inferior para baixo.

Se quiser pendurar um quadro, porta-retrato ou qualquer outro objeto que não dê para colar pela parte posterior, mas sim pendurar por uma corda ou outro suporte, podemos recorrer aos ganchos adesivos. O seu funcionamento é muito similar ao do ponto anterior, com a única diferença de que neste caso o que se cola é o gancho, diretamente, que já tem incorporada uma fita adesiva. Isso permitirá pendurar qualquer objeto pesado sem a necessidade de furar a parede.

Nas situações em que a parede não apresentar uma superfície totalmente plana que permita colar bem as fita adesivas, podemos recorrer a outra alternativa muito eficaz que também permitirá pendurar os nossos quadros. Trata-se de uma massinha adesiva parecida à cola líquida que, além de permitir colar quadros, também é possível retirar para trocar de lugar na casa.

Uma das opções que ficou muito famosa para poder colocar os quadros de uma forma elegante e moderna é usar uma prateleira para colocar em cima os quadros, porta-retratos ou inclusive livros e revistas. Esta opção permite-nos colocar os nossos quadros de uma forma totalmente diferente e obter um resultado muito atraente visualmente. O processo é muito similar ao das fitas adesivas. No caso de ter que pendurar primeiro a prateleira, devemos colar as fitas nela e colar na parede depois. Se, por outro lado, já tiver uma prateleira em casa, só tem que colocar os quadros que quiser em cima, apoiando contra a parede. Da mesma forma, podemos aproveitar um friso para introduzir os quadros em cima. É uma das opções mais para conseguir algum dos produtos nomeados neste artigo, como as fitas adesivas ou a massinha adesiva, também conhecida como adesivo de montagem, pode ir a qualquer estabelecimento especializado em bricolagem. Quando tiver estes materiais, verá como é fácil pendurar os seus quadros e dar um toque pessoal ao seu lar.

Utilize essas dicas valiosas quando for comprar quadros exclusivos que você só encontra aqui na Wishhouse!!!

Compartilhe:  Facebook   Twitter 
0 Comentários | Posted By Rodrigo Cruz